Localização

Av. Goiás esq. c/ Rua São Paulo, S/Nº, Bairro Esplanada - Rio Quente - GO
Cep:
75695-000

Localizado no centro turístico Esplanada do Rio Quente. E ao lado no maior rio de água thermal do mundo.


Clique no mapa para visualizar rotas.


A Origem das Águas Thermais

As fontes termais atraíram e continuam chamando a atenção de dezenas de pesquisadores que questionam suas origens geológicas. Uns dizem que as fontes são enriquecidas com minérios de urânio desintegrado, presentes na serra de Caldas. Outros são favoráveis à mais antiga das versões que explica o fenômeno das águas serem quentes por brotarem da cratera de um vulcão extinto há milhares de anos. O cientista Rui Bueno de Arruda Camargo chegou à conclusão que "presumidamente, numa época muito remota do vulcanismo, houve uma convulsão telúrica no planalto central de Goiás e de uma grande montanha de forma circular eram expelidas larvas, cinzas e gases de seu topo. Por milhares de anos permaneceu esta erupção até cessarem totalmente e a montanha tomou-se inerte. Outros milhares de anos se passaram e a erosão das chuvas e do vento corroeram as suas bordas. Os desmoronamentos sucessivos, a decomposição das rochas e a dissolução das lavas e cinzas, carregadas pelas enxurradas foram entupindo o vulcão extinto. Tendo sido fechado, o calor e a pressão dos gases intemos provocaram trincas na rocha, na base da montanha e por elas eram expelidas vapores d'água misturados com gases, formando assim, inúmeras fontes de 'geyser' . Com o arrefecimento das atividades do vulcão e diminuição da pressão dos gases internos, pelas trincas e furos na rocha saíram apenas borbulhas. Num dos pontos onde havia maior número de fontes, a quantidade de água era tanta que formou um ribeirão de águas quentes". Recentemente surgiu outra versão chamada de "teoria do recalque", que diz ser o platô da Serra de Caldas uma área de retro-alimentação onde estão as infiltrações e reserva de grande volume de águas freáticas. Essas águas penetram através das fendas das rochas adquirindo propriedades físico-químicas devido às contribuições do grau geotérmíco, das emanações de vapores e do calor das rochas em resfriamento. A água fria infiltrada, sob pressão, procura a superficie em forma de fontes naturais termais.

Propriedades Terapêuticas

As águas provenientes das camadas profundas do subsolo, quando afloram à superficie, trazem dissoluções de sais minerais e gases, que possuem diversas propriedades terapêuticas. Essas águas, quando bebidas na fonte, por vários dias, agem como uma lavagem interna do aparelho digestivo, sendo indicadas nas infecções e moléstias alérgicas.
Efeitos Benéficos: Afecções do Aparelho Digestivo; Estimulante do Metabolismo das Glândulas Endócrinas; Aumento da Diurese e Excreção de Ácido úrico; Produz Efeito Sedativo sobre o Sistema Nervoso; Indicada p/ Tratamento Reumáticos, Alérgicos, p/ Gastrite, Afecções da Pele, Artrite, Nevralgias, Nefrites e Afecções Articulares; Baixa da Pressão Arterial, especialmente na Arteriosclerose; Eliminação de Depósito Gotoso; Melhora a Digestão Gástrica e Duodenal; Aumenta a Vitalidade Sexual; Ação Notável nas Afecções do Nervo Simpático, Verdadeira Fonte de Rejuvenescimento. Temperatura das Águas: 35° a 47°C nas piscinas 54ºC nas saunas.

Fonte: www.caldasnovasresortthermal.tur.br